Em geral, as crianças começam a largar a chupeta a partir de 1 ano e meio de idade, mas isso pode acabar se tornando um objeto simbólico para a criança, podendo trazer a sensação de cuidado e conforto, o que torna o desapego ao objeto não tão simples. Por isso, o ideal é que os pais não proíbam o uso da chupeta logo de uma vez, mesmo que a criança já esteja maiorzinha. Reunimos algumas dicas para facilitar essa transição da melhor forma possível.

A primeira coisa a se fazer é ir tirando a chupeta aos poucos, se ela dormiu de chupeta, tire durante o sono, por exemplo. Não estimule que ela fique usando prendedor de chupeta, porque deixar o objeto sempre ao alcance dela pode lembrá-la daquilo sem sequer ela ter tido vontade. Se a chupeta caiu no chão, pegue para lavar e espere um tempinho antes de devolver. Deixe que ela peça, não entregue rapidamente.

Outra coisa comum para crianças um pouco maiores é fazer a troca da chupeta por algo que desperte maior interesse. Em muitos casos o uso da chupeta acaba sendo só uma rotina da criança, é algo que ela faz pelo impulso, portanto a troca por algo do interesse dela pode ser só o incentivo que faltava para ela deixar de usar a chupeta. Mas atenção: essa troca não deve ser associada a valores ou a presentes. O ideal é que seja algo simbólico, nada que dê a conotação de troca financeira ou de posse.

Vocês também podem tomar essa decisão em conjunto, marcando um dia especial para deixar a chupeta de vez. Pode ser marcando uma data próxima no calendário, dai todos os dias vocês marcam o dia que passou e você explica quantos dias faltam para ela deixar a chupeta. Essa conversa pode te ajudar a perceber se a criança está já naturalmente deixando de lado o hábito ou se isso está gerando ansiedade nela.E para transformar esse momento em algo divertido você também pode dar o play na música “Tchau Chupeta”, da banda Pequeno Cidadão, disponível no aplicativo da PlayKids.

Related Posts

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.