Agradecer um presente, dizer bom dia ao chegar em um lugar, dar tchau antes de ir embora… essas são ações do dia a dia que estimulamos nas crianças para que elas se tornem pessoas educadas e que respeitem outras pessoas.

Isso por si só já é suficiente, só que tem mais: quando criamos uma criança preocupada com os outros não estamos só ajudando ela a viver em sociedade, como também estimulando seu desenvolvimento.

 

Aprender a viver bem com outras pessoas

Quando estimulamos as crianças a usar as chamadas palavras mágicas estamos fazendo com que elas percebam que o egoísmo – natural até por volta dos 6 anos – é uma fase que deve passar. Isso ajuda a criança a criar mais maturidade para se tornar um adulto que se importa com os demais.

 

Desenvolver as habilidades emocionais

Quando a criança passa por experiências de gratidão e respeito ela tem mais chances de desenvolver habilidades como aceitação do outro, trabalho em equipe, convívio com as diferenças, ou seja, habilidades sócio-emocionais essenciais para seu desenvolvimento.

 

Aprender a dar valor às coisas

Ao insistir que nossos filhos agradeçam quando recebem um presente ou algo estamos dando condições para que eles entendam que independentemente do que recebam, devem ser gratos e saber que tudo tem seu valor e importância.

 

Bom relacionamento

Agradecer quando alguém emprestou algo ou ter empatia e tratar os outros com bom humor e gentileza gera cumplicidade e conexões que, mais pra frente, ajudam a construir bons relacionamentos e ambientes saudáveis.

 

Leia também

Como ajudar seu filho a lidar com a raiva

A importância do pai no desenvolvimento da criança

Saiba por que você não deve estimular o namoro entre crianças

 

Fonte: Fundação Maria Cecília Souto Vidigal 

One Response

Deixe uma resposta